Este site usa cookies e tecnologias afins que nos ajudam a oferecer uma melhor experiência. Ao clicar no botão "Aceitar" ou continuar sua navegação você concorda com o uso de cookies.

Aceitar

Reflexões

Ser Honesto Consigo Mesmo e Se Humilhar

Fernando Petersen
Escrito por Fernando Petersen em 28/06/2021
Ser Honesto Consigo Mesmo e Se Humilhar
receba mensalmente um PDF ESPECIAL e SURPRESA no seu email.

SE INSCREVA NA LISTA DE EMAIL

Hoje começamos um novo ciclo nesta preparação para a Consagração a Nossa Senhora. Neste ciclo, de seis dias, é de extrema necessidade ser honesto consigo mesmo e se humilhar. Podem parecer pesadas essas palavras, principalmente nos dias de hoje em que se valoriza tanto a “auto valorização”. Mas, iremos entender o quanto essa visão que o mundo nos dá nos tira da realidade e nos coloca em um mundo de fantasia.

No ciclo passado de doze dias vimos a necessidade de nos desapegarmos e como esse desapego é importante para a nossa Salvação. Nestes próximos seis dias, vamos ver como é de extrema necessidade reconhecermos nossa pequenez e como precisamos descer do pedestal da vaidade e soberba. É só fazer um exame de consciência sendo honesto consigo mesmo e verás, de forma escancarada, que não és tudo que o mundo quer te fazer acreditar que você é.

ORAÇÕES E EVANGELHO

É sempre bom lembrar que, ante de continuar, é importante que você faça as orações propostas para hoje no Tratado (atenção que mudamos o ciclo e agora estamos na Primeira Semana), meditar o Evangelho que citarei a seguir e rezar a oração e jaculatória, também citadas a seguir.

Se você segue o Mariale Scholae no Instagram, já teve acesso a tudo isso logo cedinho, então é só pular para a reflexão se já fez tudo direitinho.

O Evangelho é o de São Mateus, Capítulo 3, Versículos do 1 ao 12, o Evangelho da apresentação de João Batista, aquele que foi enviado por Deus para preparar o caminho para Jesus, para conduzir as pessoas para Jesus, e porque não dizer, para abrir o coração das pessoas para receber Jesus. E isso, inclusive, significa ser duto com autoridades, quando necessário, como veremos a seguir.

Oração: Mãe Imaculada, temos os olhos cheios de lágrimas de dor, de contrição e vergonha pelos nossos pecados! Mas, a Vossa bondade cuida de nós. Tornai-nos puros aos olhos de Jesus, inteiramente despojados de nós mesmos e ornados com a Vossa beleza. Aceitamos o Vosso auxílio para que, renunciando a todas as nossas misérias, possamos revestir-nos das riquezas de Jesus Cristo. Amém!

Jaculatória: Virgem puríssima, libertai-nos das culpas, revestindo-nos das vossas virtudes!

É PRECISO PREPARAR O CORAÇÃO

Logo no início do Evangelho João já alerta: “Arrependei-vos, pois o Reino dos Céus está próximo”. E o Evangelho fala que é ele o enviado de deus para preparar a vinda do Senhor, profetizado no Antigo Testamento O próprio João levava uma vida austera, ou seja, vivia o que pregava, era honesto, não era hipócrita, tinha credibilidade e por isso era procurado.

O arrepender-se é exatamente olhar para si, fazer um exame de consciência e ver o que estamos fazendo de errado, quais os nossos pecados. Isso é preparar o coração e para fazer isso é preciso ser honesto consigo mesmo e se humilhar, porque neste exame de consciência vemos que não somos tudo que dizem que somos e como somos sujos, frágeis, hipócritas, pequenos e miseráveis. Somos assim, principalmente, porque somos apegados a nós mesmos e às coisas do mundo. Por isso que passamos doze dias buscando esses desapegos.

COMO PREPARAR O CORAÇÃO

Lutar constantemente contra si mesmo. Isso mesmo! Desconfiar sempre de suas vontades. Colocar tudo nas mãos de Deus ou, como estamos nos preparando para nos consagrarmos a Nossa Senhora, colocar tudo nas mãos da Virgem Santíssima para que Ela ajude nesta luta que é bastante difícil.

Sim! É bastante difícil ser honesto consigo mesmo e se humilhar. Diante dos outros, a gente pode até se mostrar arrependidos, termos práticas piedosas, frequentarmos grupos de oração e etc… Aos olhos dos outros, temos uma vida santa, mas como anda o coração?

Se o coração não estiver alinhado com a vida, não virão os frutos, não existe autoridade, credibilidade. Isso sem falar que pode ser um imenso contra-testemunho, como no caso que João denuncia as autoridades: “Cria de Víboras”. Justamente porque não produzem frutos condizentes com seus arrependimentos, com a vida que aparentemente leva.

TER CONSCIÊNCIA DA PRÓPRIA PEQUENEZ

ter consciência da própria pequenez diante de Deus

Por ter as práticas exteriores perfeitas, digamos assim, os fariseus e saduceus se fiavam que faziam parte dos eleitos de Deus, dos salvos, do povo escolhido, os superiores… Ou seja, eram presunçosos. João vai na jugular e mostra a hipocrisia deles informando que para aquele que virá, o Messias, o Salvador, isso não importa. O importante não é a descendência de sangue, pois Deus pode fazer das pedras essa descendência, mas sim a conversão do coração, o que importa é o que gera os frutos.

É tendo consciência da própria pequenez que, depois do exame de consciência, se reconhece os pecados e a necessidade de conversão e de ajuda, a necessidade da graça, a necessidade da ação de Deus na vida, a necessidade de um Salvador. João dava o batismo de perdão, levando as pessoas a tomarem consciência das suas faltas para serem perdoadas, mas o que vem depois dele é muito mais poderoso, é o Senhor. Mas, antes, é preciso se humilhar, se reconhecer pequeno e necessitado, ser honesto consigo mesmo, se confessar.

BATISMO PERDOA E O ESPÍRITO TRANSFORMA

Sim! No batismo tem-se pecados perdoados e se é marcados com o Espírito Santo, com o Fogo, como filhos de Deus. Mas a mancha, as consequências do pecado, continua e é necessário lutar constantemente contra essa tendência que chamamos de concupiscência.

Por isso, Nosso Senhor deu também o Espírito, mais poderoso, para auxiliar e transformar os corações. Só que é necessário querer, é necessário se abrir para a ação Dele. É necessário ser honesto consigo mesmo e se humilhar diante de Deus, diante de um sacerdote, no confessionário, e pedir perdão pelos pecados.

É o Espírito Santo que nos impulsiona a isso! E Nossa Senhora nos ajuda muito nessa parte! Como Mãe, ela nos educa e nos conduz, nos pegando pela mão!

PROPÓSITO

Como propósito de hoje, vamos tentar criar um hábito? Vamos todos os dias, antes de dormir, cada um de nós, ser honesto consigo mesmo e se humilhar diante de Deus pedindo perdão.

Fazer diariamente um exame de consciência e propor uma melhora por dia. Além disso, vamos ao menos colocar como firme propósito procurar um sacerdote para confessar pelo menos uma vez no mês.

O que acha?

Hey,

o que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários.

O seu endereço de e-mail não será publicado.