Este site usa cookies e tecnologias afins que nos ajudam a oferecer uma melhor experiência. Ao clicar no botão "Aceitar" ou continuar sua navegação você concorda com o uso de cookies.

Aceitar

Reflexões

Negar-se a Si Próprio e Carregar a Sua Cruz

Fernando Petersen
Escrito por Fernando Petersen em 18/06/2021
Negar-se a Si Próprio e Carregar a Sua Cruz
receba mensalmente um PDF ESPECIAL e SURPRESA no seu email.

SE INSCREVA NA LISTA DE EMAIL

O convite para este terceiro dia de preparação é o de negar-se a si próprio e carregar a sua cruz para assim seguir Jesus. E o que significa isso?

O Evangelho proposto para hoje é bem curtinho, mas o que tem de curto tem de profundo. Sugiro até dedicar um tempinho a mais de reflexão. É o Evangelho de São Mateus, Capítulo 16, Versículos de 24 a 27.

É o Evangelho que muito se opõe ao pregado pelo mundo de hoje que não consegue entender como alguém pode negar-se a si próprio e carregar a sua cruz, ou seja, renunciar a si mesmo, se humilhar e aceitar os seus sofrimentos.

Este é o momento de parar, refletir o Evangelho proposto, fazer as Orações que o Tratado propõe para esse terceiro dia de preparação e depois voltar para rezar a Oração, a Jaculatótia e ler a reflexão.

Qual segue o @marialescholae no Instagram já teve a oportunidade de logo de manhã cedinho ver o Evangelho, a Oração e a Jaculatória. Então, é só seguir adiante. Se você ainda não segue, siga o Instagram do Mariale Scholae.

Oração: Santíssima Virgem Maria, querida Mãe e Senhora, envergonhamo-nos da nossa condição miserável. Rogai a Jesus pelo perdão dos nossos pecados, pois os detestamos de todo o coração. Revesti-nos da vossa Imaculada Conceição e dai-nos o vosso coração para nos desapegarmos dos bens desta terra e transformarmo-nos em vossos fiéis Escravos de Amor. Amém!

Jaculatória: Bom Deus, dai-nos a graça da humildade da alma, da carne e da vida!

O QUE É SEGUIR JESUS?

Jesus é bastante claro! Aquele que deseja segui-lo deve renunciar a si próprio e carregar a própria cruz. Isso é a regra, minha gente. Não é a exceção. E Jesus não faz isso por maldade ou capricho. Muito pelo contrário! A maldade e o capricho estão em nós.

O que significa querer seguir Jesus? Obviamente não é querer sofrer tudo que Ele sofreu. Esse desejo é uma consequência do nosso amor crescente para com Ele. O querer seguir Jesus, primeiramente, no primeiro e mais baixo nível, é querer o Céu, querer a eternidade, querer o prazer eterno. Já notou que queremos sempre termos prazer e vivermos para sempre, né?

FOMOS CRIADOS PARA SERMOS FELIZES?

Sim! O mundo não mente quando diz que nós fomos criados para sermos felizes. O mundo perverte esta verdade, é diferente. Perverte o que é felicidade no final das contas. Aquele “cristão floquinho” ou “açucarado” que só quer consolo, também não está errado quando diz que Deus nos criou para sermos felizes, ele só está com uma visão (muito) errada e deturpada do que é felicidade e de para qual felicidade Deus nos fez.

Só que, infelizmente e, talvez, ingenuamente, fomos envenenados e picados pela serpente e caímos no pecado original. Pecado esse que foi perdoado e apagado no nosso batizado. Pecado que foi pago em abundância de justiça com a morte de Jesus na cruz.

Contudo, a cicatriz, a consequência, fica. A tendência para o mal fica. É o que chamamos de concupiscência ou inclinação para o pecado.

A NECESSIDADE DE RENUNCIAR A SI PRÓPRIO

Por isso que devemos renunciar a nós mesmos. Renunciar a nós mesmos é, na verdade, aceitar que Cristo nos conduza para o que realmente somos.

Sabe aquele indivíduo que jura de pé junto que não é viciado em algo até quando lhe falta este e ele fica “doidinho” para conseguir satisfazer a sua vontade? Ele precisou primeiro sentir a falta para notar como era viciado naquele “troço”. Ele precisou renunciar a substância para perceber que é dependente, escravo, daquilo. Assim somos nós com o mundo. Com qualquer coisa do mundo. Com qualquer coisa que nos dá prazer…

QUEREMOS SEGUIR JESUS MAS QUEREMOS FICAR NO MUNDO

Então, nós queremos seguir Jesus mas não querermos deixar o mundo. E para deiaar o mundo há sofrimentos, a cruz. Ou seja, no final das contas, nós mesmos escolhemos o mundo e o sofrimento em vez de Jesus. Preferimos o imediato ao eterno.

Por isso que Jesus diz que é preciso abandonarmos a nossa vida para ganhar a vida. Deixar a vida passageira para ganhar a vida eterna. Abandonar a vida de vícios e de pecado para acolhermos a vida de liberdade e virtudes. Só assim teremos a vida eterna, só assim iremos, nós mesmos, querermos a vida eterna. Nós mesmos vamos querer nos prendermos na vida passageira e vamos renunciar a vida eterna.

NO FINAL, NÓS QUE ESCOLHEMOS NÃO ENTRAR NO CÉU

abraçar a cruz de jesus

Quando tudo acabar, aqueles viciados irão ao fogo eterno por escolha própria! Não aguentarão a luz, não conseguirão ficar na pureza. Sabe quando, aqui, você acha aquela Missa “super chata” e prefere estar em uma balada regada de cerveja e dança? Você acha muito mais interessante passar quatro horas em pé em um show pulando no mesmo lugar do que passar 1h na missa ouvindo um padre falando de Deus ou um coral cantando louvores.

Seja sincero! Hoje! Se você tivesse que escolher, o que você escolheria? Ir para a praia e aproveitar o sol e confessar durante a semana ou ir para a Missa e louvar a Deus pela semana que passou?

Aqueles que negaram a si mesmo e carregaram a cruz não estarão mais presos, dependentes, viciados, revoltados, em crise de abstinência, dando piti, mas na felicidade eterna quando tudo que for do mundo passar. Sim! Porque tudo do mundo é passageiro e nós sabemos disso!

PROPÓSITO

Então, tome como propósito de hoje: negar-se a si próprio e carregar a sua cruz para seguir Jesus. E como fazer isso?

  • Mortificação: opor-se mais a si mesmo, às próprias vontades, mesmos que sejam honestos e lícitos.
  • Desapegar-se dos bens, tanto materiais quanto imateriais
  • Lutar contra a malícia: parar de ver maldade e duplo sentido em tudo
  • Fugir das más companhias ou companhias vãs: sabe aquele “amigo” que só fala “safadeza” ou só faz piadinha de duplo sentido, ou te dá conselhos nada católicos? Ou então, aquela amiga que dá conselhos contrários ao que a Santa Igreja ensina? Ou então aquelas conversas de fofoca, conversas que não levam a lugar nenhum.
  • Deixar de ver programas, TV, séries, filmes, etc… que deturpem seu imaginário
  • Sempre oferecer sacrifícios quando o sofrimento e as contrariedades baterem a sua porta.

Assim, ficará menos difícil negar a si mesmo, carregar a sua cruz e seguir Jesus. Isso é uma espécie de exercício. Aliás… A consagração a Nossa Senhora nos ajudará muito a fazer essas coisas.

Hey,

o que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários.

O seu endereço de e-mail não será publicado.

2 Replies to “Negar-se a Si Próprio e Carregar a Sua Cruz”

Rosângela

Maravilhoso conteúdo. Reflexão e orientações excelentes para a consagração a Jesus amando e venerando Nossa Senhora.

Edson Bezerra Pereira

Temos que carregar a nossa cruz diariamente,pois Jesus Cristo a carregou por nós,nela ele levou todos os nossos pecados e a nossa salvação.