Este site usa cookies e tecnologias afins que nos ajudam a oferecer uma melhor experiência. Ao clicar no botão "Aceitar" ou continuar sua navegação você concorda com o uso de cookies.

Aceitar

Reflexões

Maria Traz o Cristo Para Nós - Visitação - Magnificat

Fernando Petersen
Escrito por Fernando Petersen em 07/07/2021
Maria Traz o Cristo Para Nós - Visitação - Magnificat
receba mensalmente um PDF ESPECIAL e SURPRESA no seu email.

SE INSCREVA NA LISTA DE EMAIL

Hoje vamos comentar um dos Evangelhos que mais gosto de refletir sobre Nossa Senhora. Neste vigésimo segundo dia vou comentar sobre o Mistério da Visitação, o Canto do Magnificat e como Maria traz o Cristo para nós, por ser essa a sua missão.

Vimos como o “sim” que damos a Deus, tendo uma alma mariana, dá espaço para o Espírito Santo gerar o Cristo em nós. Mas, os desígnios de Deus não param por aí. Uma alma mariana quando se abre para o Espírito Santo gera o Cristo e esse Cristo gerado precisa ser comunicado, apresentado, precisa ser levado para todos.

Notaremos a seguir que assim que Maria concebeu, o grande impulso foi o de levar o Cristo para santificar os outros.

Podemos dizer que Maria traz o Cristo para nós tanto no sentido de Ela ter dado a luz ao Filho de Deus feito homem, trazendo-o para o mundo, como continua trazendo o Cristo em cada visita que ela nos faz.

EVANGELHO

visitação de nossa senhora a sua prima santa isabel

Nesse vigésimo segundo dia para consagração a Nossa Senhora, o Evangelho proposto é o de São Lucas, Capítulo 1, Versículos de 39 a 56. É o famoso Evangelho da Visitação de Maria a sua prima Santa Isabel e o lindíssimo canto de Maria, o Magnificat.

É um conteúdo riquíssimo para encerrar em tão poucas linhas e numa abordagem tão ampla. Esse canto de Maria já foi meditado por gigantes que deixaram os mais belos escritos sobre esse canto e este continua produzindo muitos tesouros. Com certeza falaremos ainda muito do Magnificat neste site.

Mas, esse canto foi a exaltação após uma fantástica saudação. Saudação essa que rezamos diariamente na Ave Maria: A saudação que Santa Isabel, cheia do Espírito Santo, faz para recepcionar Nossa Senhora.

Como disse, é um grande mistério e certamente não encerraremos neste post com tão poucas linhas.

ORAÇÕES E JACULATÓRIA

Como não canso de dizer, antes de darmos continuidade é importante fazermos as orações propostas no Tratado, refletir um pouco o Evangelho citado acima e concluir com a oração ejaculatória a seguir. Se você segue a Mariale Scholae no Instagram, já teve a oportunidade de fazer tudo isso.

Oração: Maria, incomparável vencedora de satanás, para cujo ódio rancoroso é terrível como exército em linha de batalha. Mãezinha, doce medianeira e defesa invencível, louvamos o Senhor por nos haver concedido a riqueza preciosa do vosso nome e da vossa proteção. Não teremos nada a temer, mesmo que o demônio arme insídias de todo o gênero, suscitando-nos sofrimento e dores. Porque com o vosso auxílio esmagaremos também a cabeça da serpente. Satã, em nós, será vencido. E Jesus há de triunfar. Socorrei-nos amada Rainha, desvendando-nos sempre a malícia do tentador, assegurando-nos contra as suas ameaças, dissipando os seus conselhos diabólicos e escudando-nos como fiéis e queridos filhos vossos contra a cruel infestação do inimigo. Amém!

Jaculatória: Maria, verdadeira Mãe e poderoso escudo, nós vos amamos!

Sem mais delongas, que o assunto é grande, empolgante e maravilhoso. Maria traz o Cristo para nós, mas não pulemos etapas. Vamos ver como Ela faz isso.

CRISTO NOS IMPELE À CARIDADE

maria foi impelida pela caridade a visitar santa isabel

Maria, após dizer seu “sim” a Deus e conceber do Espírito Santo que gerou o Cristo no seu ventre, foi impelida a sair em ajuda do próximo. Sim, assim que concebeu o Anjo a informou que Santa Isabel estava no sexto mês de gravidez, mas não uma gravidez qualquer.

Primeiro, Santa Isabel ela estava com João Batista no ventre. Uma concepção milagrosa, na velhice para aquela que era considerada estéril. Uma gravidez por milagre, um desígnio de Deus. Certamente devido a sua condição de velhice ela precisaria de ajuda e Maria foi impelida a ser essa ajuda. Deus quando faz o milagre, também nos dá os meios, as ajudas necessárias.

É isso que acontece quando temos o Cristo gerado em nós, somos impulsionados a leva-lo às pessoas. Principalmente  para santificar e praticar atos de caridade. Somos impelidos a sermos instrumentos dos desígnios de Deus. No caso, Maria foi designada para auxiliar Santa Isabel no fim da sua gestação milagrosa.

“Maria levantou-se e foi apressadamente à região montanhosa”. Ou seja, praticar ato de caridade em um ambiente instável, de altos e baixos.

QUEM TEM CRISTO LEVA ALEGRIA

O ambiente pode até ser montanhoso, desafiador, cansativo e, porque não, perigoso, mas quem tem o Cristo gerado no seu seio não se importa com isso. Enfrenta o desafio confiando na providência de Deus e vai leva-Lo para aqueles que precisam. Vai levar a alegria, a santificação, a Salvação, a esperança.

Toda essa disposição é notada a distância e de imediato. O ambiente muda quase que instantaneamente quando o Cristo chega, mesmo Ele ainda pequenino, sendo gerado, escondido. O que era preocupação, vira esperança. Tristeza, vira consolo… Não atoa Isabel exultou de alegria quando ouviu a saudação de Maria, com o Cristo no ventre. E essa alegria contagia a todos. Contagiou João que ainda estava no ventre da Mãe.

CRISTO NÃO LEVA SÓ ALEGRIA, MAS TAMBÉM A SANTIFICAÇÃO

maria levando jesus para santificar joao batista

A alegria foi logo reconhecida. A grandeza de Maria também foi logo atestada por Santa Isabel ao perguntar: “Como acontece que a mãe do meu Senhor venha a mim?”

Sim! Essa é a grandeza de uma alma mariana. Ela gera o Cristo que impulsina a leva-Lo aos necessitados. Deus é louvado e glorificado e o ambiente com as pessoas santificado. E essa alma é Bem-aventurada, feliz, porque terá todas as promessas cumpridas. E que promessas são essas? Sob quais condições?

O BRILHO E A GRANDEZA DO MAGNIFICAT

As respostas estão todas no Magnificat, ou seja, no canto de Maria. São as palavras proferidas por Maria após ouvir a saudação de Isabel.

Como disse no início, é impossível encerrar o Magnificat em tão poucas linhas. Nele podemos ver o que é Maria trazer o Cristo para nós, ou seja, o que é Maria trazer a Salvação, a Esperança, a Promessa.

Promessa que faz o espírito exultar de alegria em Deus, não uma alegria qualquer. Uma promessa que vem pela humildade e que afugenta toda vaidade e soberba. Essa promessa é de Salvação, de Justiça, não aos olhos humanos, mas no olhar espiritual, divino. E esse é o brilho e a grandeza do Magnificat que Maria traz com o Cristo para nós.

MARIA TRAZ O CRISTO PARA NÓS

Quem tentar refletir o Magnificat sob a ótica humana, vai cair do cavalo, igual a Paulo. Maria traz o Cristo para nós, embora use palavras duras contra opressores, é preciso entender essa opressão como algo muito além do material e mundano. Por isso que não dá para refletir em tão poucas linhas.

Precisamos de Maria sempre conosco. É exatamente por isso que precisamos nos abrir para termos uma alma mariana. Para o Espírito Santo gerar o Cristo e conseguirmos de fato entender o que significa o fato de Maria trazer o Cristo para nós na visitação a Santa Isabel.

PROPÓSITO

Meditemos o Magnificat com um olhar espiritual.

Lembra que passamos 12 dias nos desapegando do mundo e de nós mesmos? Depois passamos mais seis dias para nos conhecermos verdadeiramente e reconhecermos nossa pequenez.

Agora, estamos refletindo por mais seis dias os mistérios de Maria, buscando conhecê-La mais pra imitá-Lo e isso precisa ser despojados dos apegos mundanos, principalmente, hoje em dia, dos apegos ideológicos.

Só a título de exemplo, se você entende o trecho “Encheu de bem os famintos e despediu os ricos sem nada” como algo material ou de mera justiça social… Você precisa meditar o Magnificat sob um olhar mais espiritual para entender como Maria traz o Cristo para nós.

Hey,

o que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários.

O seu endereço de e-mail não será publicado.