Este site usa cookies e tecnologias afins que nos ajudam a oferecer uma melhor experiência. Ao clicar no botão "Aceitar" ou continuar sua navegação você concorda com o uso de cookies.

Aceitar

Reflexões

Cuidado com Ensinamentos Maus e Sedutores

Fernando Petersen
Escrito por Fernando Petersen em 29/06/2021
Cuidado com Ensinamentos Maus e Sedutores
receba mensalmente um PDF ESPECIAL e SURPRESA no seu email.

SE INSCREVA NA LISTA DE EMAIL

Hoje estamos no décimo quarto dia de preparação para a consagração, sendo o segundo dedicado para nos conhecermos melhor. E Jesus, no Evangelho, nos alerta para termos cuidado com os ensinamentos maus e sedutores.

Estamos em um mundo em que reina o inimigo. Sim! Triste verdade… Desde a queda do homem, ele se tornou escravo do pecado por ter sido seduzido pela serpente. E como a serpente derrubou o homem? Com seus ensinamentos maus e sedutores que levaram o homem a desobedecer a Deus para querer ser como deus.

EVANGELHO, ORAÇÃO E JACULATÓRIA

As orações do Tratado, acho que não é mais necessário eu ficar lembrando, não é? Elas são o mais importante para a consagração.

A seguir, o Evangelho, a Oração e Jaculatória. Se você já fez tudo, inclusive a reflexão do Evangelho, é só pular para a reflexão no próximo tópico. Lembrando que quem segue o Mariale Scholae no Instagram tem acesso a tudo isso logo de manhã cedo.

O Evangelho de hoje está em São Mateus, Capítulo 16, Versículos 5 a 12. Como disse no início, é o Evangelho que Jesus alerta seus discípulos para tomarem cuidado com os ensinamentos dos fariseus e saduceus, falando numa linguagem figurada, comparando o ensinamento ao fermento.

Oração: Mãe bendita, nós Vos damos graças pela iluminação que nos obtendes de Jesus, a fim de que, conhecendo-nos sempre mais possamos desprezar tudo o que há de mau em nós: o nosso orgulho, a nossa fraca vontade e tudo aquilo que não convém a um filho de Deus. Continuai, Mãe, mostrando-nos o caminho certo, e fazendo-nos enxergar todas as misérias do nosso orgulho e confessáveis fraquezas. Dai-nos, Virgem Santíssima a Vossa pureza tão oposta ao pecado, pecado esse que turba-nos a mente e assim debilita-nos a vontade. Sarai a nossa inteligência e alentai as nossas resoluções de humildade e de perseverança no bem, para confiarmos unicamente na graça onipotente de Jesus Cristo e no carinho abençoado do Vosso amparo tutelar. Amém!

Jaculatória: Maria, mostrai-nos o caminho da sabedoria e conduzi-nos na senda da justiça!

ANTES DE TUDO…

Gostaria de fazer um convite para ti, que está no início do Evangelho: “Indo para a outra margem”. Vamos para a outra margem? O que seria essa outra margem? Digo que é a margem que os seguidores de Cristo vão, que os que desejam mudar de vida buscam chegar.

Por isso faço esse convite com essa pergunta: Você quer mudar de vida? Está disposto a seguir a Cristo? Vamos para a outra margem? Creio que sua resposta tenha sido “sim” para tudo, afinal você está se preparando para se consagrar a Nossa Senhora, já está no décimo quarto dia, quase na metade da preparação, e creio que tenha em vista exatamente chegar até a margem que se encontra Cristo, não é?

CUIDADO COM OS ENSINAMENTOS MAUS E SEDUTORES

Jesus diz no Evangelho: “Guardai-vos do fermente dos fariseus e dos saduceus”. Ou seja, Jesus aconselha tomar cuidado com os ensinamentos dos fariseus e dos saduceus, prestar atenção no sentido de ficar alerta, se preservar, não se deixar seduzir, enganar.

E o que seria “seduzir”? Acho interessante falar rapidamente disso, porque sedução, embora geralmente tenha uma conotação ruim, ela não necessariamente é má. Muito pelo contrário! A sedução pode ser boa e Deus a usa. Aliás, sendo um pouco ousado, Jesus com suas palavras é extremamente sedutor no bom sentido (lógico), assim como seus verdadeiros seguidores, os santos, a Igreja, Nossa Senhora, as pessoas que falam a Verdade “que tocam o coração”, etc…

O QUE É SER SEDUTOR

Não pretendo aqui ser técnico, então serei muito simples, mas muito simples mesmo! Só o suficiente para você entender.

Ser sedutor é você ser apresentado a algo que esteja de acordo com o seu desejo.

Se você está com fome, será facilmente seduzido por alimento. Se você é “apaixonado por doce” e lhe é apresentado um que te desperte o desejo, você será seduzido por esse doce. Não precisa ir muito longe para entender o tamanho do estrago que o pecado original fez em nós, deturpando todas as nossas tendências, entendimento, desejos, vontades, não é?

E Jesus, por ser Deus, sabe também onde nos tocar para nos seduzir! Por isso devemos nos abrir para Ele, porque terá do outro lado a “outra sedução do pecado”, mas precisamos reconhecer que quando lemos as Sagradas Escrituras algo incendeia o nosso coração, algo nos seduz!

UM ENSINAMENTO É FERMENTO

E por que Jesus compara os ensinamentos com fermento? Porque é através dos ensinamentos que vamos construindo o nosso entendimento, a nossa percepção, como vemos o mundo e, consequentemente, como vamos ter os desejos despertados e como seremos seduzidos.

Tudo isso cresce e cada pessoa contamina a outra de tal forma que parece mesmo um fermento que contagia toda a massa. E basta um pouquinho para despertar a curiosidade nos outros e os desejos que estavam adormecidos ou esquecidos virem para a superfície. Sem falar que ensinamentos são passados de pessoa para pessoa.

MÁ TENDÊNCIA E ENSINAMENTO MAU

O pecado original já nos deixou uma má tendência às coisas contrárias a Deus e quando somos ensinados acabamos tendo essa tendência despertada ou não. Por isso que não devemos confiar nos nossos sentimentos para escolher o que é mau ou bom. O ensinamento bom irá confrontar uma tendência má, assim como um ensinamento mau pode seduzir uma tendência má.

Podemos dizer, generalizando, que todo ensinamento que nos afasta dos ensinamentos da Igreja, dos mandamentos e da Lei de deus é ensinamento mau. Ponto!

Daí vemos a miséria que estamos passando neste momento no mundo, com tudo ao nosso redor estimulando nossas más tendências e inclinações e combatendo (ou, no mínimo questionando) os ensinamentos da Igreja.

FALA-SE DE PECADO, MAS DEVEMOS EXPANDIR

devemos estar atento ao que a religiao fala sobre determinados assuntos

É Claro que estamos aqui, em primeiro lugar, para combater o pecado e tudo que nos afasta de Deus. E o perigo, hoje, ronda aí! Por isso devemos expandir! E o que seria expandir?

Infelizmente estão tirando a Religião de todos os ambientes (com a desculpa de “estado laico” ou “qualquer coisa laica”) e isso é mau em si mesmo, pois nos afasta de Deus. Todos nós Católicos devemos combater isso de forma veemente e não concordar com medo de parecer radical. Deixando a religião de lado, toma-se lugar ideologias e abre-se caminhos perigosíssimos para a sedução. Os fariseus e saduceus hoje, são outros…

Por isso, nunca foi tão atual: Guardai-vos do fermento dos fariseus e dos saduceus”. Ou seja, Cuidado com os ensinamentos maus e sedutores.

PROPÓSITO DO DIA

Hoje gostaria de propor algo rápido e bem prático. Para tudo na nossa vida, e quando digo tudo é tudo mesmo, devemos antes nos perguntarmos:

O QUE A IGREJA NOS ENSINA SOBRE ISSO?

A partir daí a gente começa a levar em consideração se vai contra ou não os ensinamentos de Deus e, de uma coisa podemos ter toda a certeza, a Igreja, como Mãe, SEMPRE VAI QUERER O NOSSO BEM! Diferente de ideólogos, filósofos, influenciadores, professores, etc etc etc etc…

Hey,

o que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários.

O seu endereço de e-mail não será publicado.